Golpe do leilão faz vítimas na web.

Quadrilha usa site de leilões de veículos para aplicar golpes pela internet. Os golpistas enganaram até um empresário do ramo de carros de São Carlos (SP) que há 12 anos compra veículos em leilões. Ele disse que antes de fazer negócio pelo site checou os dados da empresa, que é ativa desde 1993, e que não encontrou nada de errado. O prejuízo foi de R$ 40 mil. Ele só percebeu que era vítima de um golpe quando nem os comprovantes de pagamento, nem os carros foram entregues. “Aí a gente viu que era golpe, que eles usavam o nome de um “laranja” e que o CPF não era do leiloeiro”, afirmou o comerciante que não quis ser identificado. O representante comercial Tarcizio Leonardo Rocha, de Uberlândia (MG), também checou a empresa antes de arrematar um carro por R$ 10.460. “Eu fiz uma pesquisa na internet sobre sites de leilões online. Procurei no Reclame Aqui, não tinha reclamação. Quando a gente percebeu que era um golpe aí chequei de novo e já encontrei reclamações de pessoas que tinham caído no golpe”, afirmou.

Segundo a polícia há pelo menos 15 registros de pessoas que foram enganadas. Trata-se de uma quadrilha de São Paulo que recebe via depósito em conta corrente e não entrega o veículo. 

A equipe da EPTV, afiliada da TV Globo, entrou em contanto com o site pelo telefone disponível no página, mas o atendente desligou quando a repórter se identificou. 

Como se previnir?

Antes de iniciar uma operação de compra  através de um site de leilões, certifique=se que o site é confiável. Você pode consultar o nome do “site” duvidoso no “Reclame aqui” ou no próprio Site do Tribunal de Justiça para saber se já existe algum processo contra a empresa do site. Outra orientação indispensável é que o pagamento nunca seja feito via depósito em conta bancária. Os depósitos devem ser feitos via boleto sendo cedente pessoa jurídica. Assista o vídeo e confira algumas orientaões.

About the Author

Luciane Freitas
Luciane Freitas

Para chegar em algum lugar tudo parte de um começo. Eu não escolhi o Direito, ele me escolheu. Minha primeira opção era o curso de psicologia, porém por força de uma transferência de curso no meio do ano iniciei o curso de Direito e descobri minha verdadeira paixão!

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *